Arquivo do blog

Facebook - Blog

Facebook - Agência

Twitter

@ZipaoAventura 2013. Tecnologia do Blogger.

Marcadores

América do Sul (3) Argentina (2) Cachoeira (7) Camping (3) Camping Selvagem (4) Catarata (2) caverna (2) cidades (18) Dica (8) esporte de aventura (3) Feriado (7) Férias (12) festas (6) hostel (2) interior (7) MG (5) montanha (6) Paraguai (1) Paranapiacaba (3) Parque (11) PR (5) Praia (4) rafting (1) Rapel (2) rio (1) RJ (7) RMSP (9) RS (5) serra (7) SP (20) Top10 (2) Travessia (2) trilha (14) Trilha noturna (4) urbano (6) Usina (1) Viagem (10)

Seguidores

Planejar é fundamental

Bom dia a todos!!!!!

Muitas pessoas vivem me perguntando como eu consigo viajar tanto e sempre digo a mesma coisa: Eu planejo o máximo possível. O que eu quero dizer é simples, sigo alguns passos e depois aproveito a viagem. Mas como cada caso é um caso, vou passar algumas dicas que sempre sigo antes de viajar: 

  • Quanto tempo vai ficar:
Sempre tenha bem claro quanto tempo vai ter para aproveitar o local, já que vai ser em cima disso que se fará as contas para toda a viagem e sem precisar ficar louco com o que se tem a fazer. Isso fica bem mais fácil de se pensar quando se tem em mente pra ajudar na escolha de todo lugar.

Lembre-se que todo mundo precisa descansar as vezes após uma viagem, eu pelo menos ter um tempo para arrumar as malas depois. Leve isso em conta quando se está planejando e aproveitar todo o tempo com prazer e alegria.

  • Como escolher o lugar:
Na hora de viajar é bom ter bem claro algumas coisas como a sua vontade de conhecer, o clima do lugar, a previsão do tempo e também o que se espera fazer por lá (o que pretende conhecer pelo tempo que se vai ficar).

Ser coerente com o tempo que vai passar... não queira fazer milagre quando não é possível ou se não vai dar tempo de aproveitar. Ter um fim de semana normal para ir num lugar muito longe pode até ir, mas é quase certeza que não vai aproveitar bem e que vai voltar muito mais quebrado (físico e financeiro).

  • Prioridades na viagem:
Tenha sempre em mente que uma viagem não é eterna (apesar de todos quererem que fosse, inclusive eu) então organize seu tempo e sua agenda conforme a disponibilidade. Lembre-se de verificar antes como é o transporte do lugar bem como o custo e o intervalo, assim fica mais difícil receber algumas surpresas no caminho.

Escolher passeios que são do seu interesse e não pela popularidade já que as vezes o local pode vir a ser uma perda de tempo (e dinheiro) quando não se vai aproveitar bem.

  • Hospedagem:
Sempre (sempre mesmo) confirme onde vai ficar. Se for um quarto de hotel ou hostel confirme os horários de check-in e check-out para não ter surpresas com um gasto desnecessário.

DICA: pegue referências sobre as acomodações em sites de viajantes como o Booking.com e o HostelWorld para ter certeza que o lugar é de confiança ou está dentro do seu esperado. 

Caso opte por um camping tenha sempre o cuidado de estar vendo se o local é bem frequentado e de fácil acesso caso vá de transporte público.

DICA: nunca esqueça de levar um cadeado para a barraca se for viajar sozinho.

  • Transporte:
Veja sempre todas as possibilidades de transporte se você vai de avião, ônibus, carro, moto ou outro tipo de transporte. Compre passagens direto com a empresa se possível, assim você consegue economizar uma boa parcela de verba com os honorários da empresa e/ou site da agência.

Existem sites que auxiliam muito quando se fala de passagem aérea e o meu preferido pra começar é o Saraiva Viagens onde dá pra fazer uma pesquisa bem abrangente entre as companhias para cotar uma viagem mas não é recomendado compras por lá, as taxas do site são bem chatas.

Verifique principalmente se tem a possibilidade da passagem rodoviária. Dependendo da sua disponibilidade de tempo (e as vezes paciência) para a viagem é bem mais rápido, dou como exemplo ir para o Rio de Janeiro ou Curitiba onde a viagem rodoviária tem um tempo de cerca de 6 a 7 horas e nem sempre os vôos estão seguindo com regularidade e com muito atraso (muito mesmo) vindo a compensar pegar um ônibus mesmo.

E as vezes você não tem aquele limite no cartão (ou nem tem cartão) pra comprar a passagem, mas tem empresas que financiam a compra da sua passagem a preço de custo (só o valor da passagem e taxas da aviação) e com a vantagem de ser parcelado no boleto. Nesses casos eu sempre vou até alguma loja da CVC pra comprar alguma passagem. É também uma boa dica pra ter preço das passagens pois eles tem algumas parcerias que diminuem o valor da passagem. E muito. Eu já comprei passagem de avião para Curitiba por 160,00 ida e volta na CVC (valor de ônibus era de 180,00).

  • Reserva financeira:
É bom estar preparado para tudo quando se vai fazer uma viagem. Nunca é bom ir com um orçamento apertado ou muito justo só porque você planejou tudo certo. SEMPRE pode ter algum imprevisto, seja pelo transporte, alimentação, hospedagem, voucher ou qualquer coisa do gênero.

Sempre quando vou fazer uma viagem sozinho me programo para um orçamento tal e levo sempre uma quantia de 10% a 20% superior dependendo do lugar que vou.

Se vai usar câmbio procure um lugar de confiança para tal e se informe sobre o que pode voltar e como realizar a troca necessária e as suas necessidades.

DICA: Nunca deixe pra última hora fazer o câmbio, pois pode ser que o valor aumente e você acabe saindo perdendo no financeiro. Isso nunca é legal pra quem vai querer economizar cada centavo.

  • Cronograma de viagem:
Para evitar surpresas até mesmo com a falta de tempo é bom ir preparado, afinal quando se está viajando queremos aproveitar cada segundo. Siga com cautela.

Os maiores problemas com uma viagem são as distâncias a ser percorridas no lugar ou região. Se prepare para atrasos de todas as ordens e tamanhos e levem em conta o tamanho do lugar que está indo conhecer. Não queira correr o risco de ir para um parque como as Cataratas do Iguaçu e conhecer tudo em 3 horas. Seja realista! Dependendo em lugar as vezes é necessário quase o dia inteiro (eu levei quase 6h pra conhecer uma parte de Iguaçu).

É chato ter que escolher alguns passeios em vista de tantas opções, mas é necessário para que pelo menos possa realmente conhecer e não apenas ir em algum lugar. Se você priorizar algo, aproveite o máximo para valer a pena ter dispensado outro passeio.

Ter um plano B sempre ajuda. As vezes o lugar que você planejou ir com tanto carinho e dedicação pode não estar aberto naquele dia. O que fazer? Bola pra frente e vá por em prática outro plano.

DICA: as vezes é necessário mudar um cronograma por necessidade meteorológica ou física. Nunca se sabe quando a Polícia Federal vai entrar em greve ou o sol que você estava esperando virou uma tempestade. Nada é certo em uma viagem.

Vale a pena ver possibilidades a mais pois cada dia programado pode ter um tempo a mais para aproveitar, mas sem se fixar muito para não criar expectativas e não conseguir aproveitar nem sequer o que se está querendo.

  • Companhia de viagem:
Tudo vai depender de vários fatores pois afinal, nem sempre queremos companhia de viagem principalmente quando é uma daquelas que você está realizando um desejo pessoal e já tem consciência do que vai querer fazer. Mas também existem lugares que vale a pena ir em mais pessoas.
Eu classifico os lugares em 4 tipos quando se trata de companhia: aquela que você vai sozinho, aquela de ir em casal, aquela de ir em dupla e aquela de ir em galera.

Para ir sozinho tem que ter muita força de vontade, porque você vai deparar com momentos e situações que você queria alguém junto para conversar. Ao mesmo tempo tem grandes vantagens e entre elas está uma maior socialização com outras pessoas. Passei por isso quando eu fui para Foz do Iguaçu. No hostel que eu fiquei tinha pessoas de vários lugares que mantenho contato até hoje.

Ir em casal você vai escolher algo para se aproveitar a dois bem juntinho. Eu ainda não fiz uma viagem dessas, mas já passei por vários lugares que tem esse perfil principal para turista. Um bom exemplo foi Monte Verde que tem jeito e clima para se aproveitar a cidade em casal (era a maioria das pessoas que estavam lá).

Ir em dupla não é necessariamente ir em casal, onde pode ser incluído ir com um amigo ou amiga para poder se divertir apenas. O foco muda e o planejamento tem que partir de ambos.

Galera sempre é uma boa opção porque não se prende a algum fator e sempre rende boas lembranças. É sem duvida a melhor opção quando se vai acampar (não é recomendado ir acampar sozinho) e não vai querer gastar muito. Eu particularmente adoro fazer isso e sem dúvida é o que eu mais faço e tenho conhecido lugares maravilhosos por causa dessa escolha.


Bom minha gente... é praticamente isso que eu faço antes de ir viajar. Não levem isso como um guia ou qualquer outra coisa do gênero, pois os critérios que eu uso podem ser diferentes do que você procura ou pratica mas quem sabe assim não posso ajudar com sua próxima viagem.

Até o próximo post!!!