Arquivo do blog

Facebook - Blog

Facebook - Agência

Twitter

@ZipaoAventura 2013. Tecnologia do Blogger.

Marcadores

América do Sul (3) Argentina (2) Cachoeira (7) Camping (3) Camping Selvagem (4) Catarata (2) caverna (2) cidades (18) Dica (8) esporte de aventura (3) Feriado (7) Férias (12) festas (6) hostel (2) interior (7) MG (5) montanha (6) Paraguai (1) Paranapiacaba (3) Parque (11) PR (5) Praia (4) rafting (1) Rapel (2) rio (1) RJ (7) RMSP (9) RS (5) serra (7) SP (20) Top10 (2) Travessia (2) trilha (14) Trilha noturna (4) urbano (6) Usina (1) Viagem (10)

Seguidores

Pedra Grande - Atibaia

Alou galera do bem...

Demorei muito pra poder fazer outro post, mas estou aqui firme forte pra poder colocar mais uma trip no ar! E desta vez ela foi mais especial porque fiz com amigos de longa data e que eu nunca imaginei que iriam se arriscar numa trip (apesar de uma já ter o seu lado aventura muito bem exposto)...

OK, mas chega de blá blá blá e vamos começar esse post, que é o mais importante... hehe...

 
Como toda a trilha que se começa fizemos uma sessão de alongamento, foto oficial e outras coisas mais normais que se faz, mas como estava com pessoas que eram trilheiros de primeira viagem tive que dar algumas instruções básicas sobre segurança e comodidade, desde como arrumar a mochila (questão de peso e tals) até dicas de como se comportar numa trilha e de observar o local.


Aulinha dada, começa a subida. Fizemos o caminho mais "fácil" da Pedra Grande, e estive que estar disposto a qualquer ajuda em relação a todas as pedras no meio do caminho, afinal eu era o que tinha mais experiencia com trilha. Tiramos várias fotos durante a subida, teve alguns escorregões devido a terra solta em volta das pedras, subimos pra tirar várias fotos além de se divertir bastante com a paisagem. Sempre se hidratando para não haver nenhum problema no meio do caminho.

 

Começamos a primeira trilha horizontal e aproveitei para explicar sobre os cuidados em se manter na trilha demarcada e a atenção em relação ao próprio caminho para não ter nenhuma queda. Aproveitamos o ponto de água para descançar um pouco e se hidratar mais, além de se refrescar com a água.


Seguindo a trilha, teve inicio a segunda parte "vertical". Foi bem divertido todo o caminho e aproveitei para contar algumas curiosidadesm tanto sobre a mata atlântica que estava a nossa volta bem como as diferenças que dava pra perceber...


Depois de uma longa e cansativa subida, chegamos até a crista da montanha... uhul.... tivemos aquela sensação de conseguimos subir.... e seguimos.... a beleza da primeira vista da Pedra Grande, da visão parcial de Atibaia e de toda aquela subida na rocha que nos esperava, foi ao mesmo tempo desanimador e gratificante ao meus amigos que estavam me acompanhando. Pra mim só restava a sensação de subir logo o último trecho ever toda a vista proporcionada pelo lugar.....


Depois de um pouco de todo esforço de chegar até a rampa de salto, o meio amigo achou que já tinha terminado, mas quando mostrei onde nós iriamos terminar ele quase desistiu (não é mesmo senhor Felipe?). E depois de descançar um pouco, continuamos a subir. Lá de cima.... uau.... dava pra ver até mesmo Nazaré Paulista de um lado e logo na nossa frente (mas bem distante) o Pico do Lopo... foi gratificante chegar lá em cima...




Depois de um tempo pra recobrar as energias (se alimentar também é fundamental) começamos a descida. Logo no inicio tivemos a vista do céu cheio de asas-delta e paraglyders..... foi muuuito bonito ver o céu multi-colorido parecendo um verdadeiro formigueiro. E começamos o caminho pela crista e toda a descida.

Ao chegar no ponto de água, aproveitamos para se divertir um pouco tomando um banho refrescante naquela água. Lá decimos ver o pôr do sol nas pedras que tinham próximo ao condomínio, até porque como tem muitas pedras e terra solta, ficaria arriscado demais descer no escuro com pessoas sem nenhuma experiência em trilha.



Tivemos um espetáculo de por do sol, e aproveitamos para fazer nosso último lanche antes de continuar os últimos metros de decida.Aproveitamos para tirar fotos de realidade distorcida aproveitando que o céu estava bem limpo no horizonte. Terminaos a descida com lanternas em mãose vibrando por ter concluido a trilha sem nenhum contra-tempo pelo caminho.


Espero que tenham gostado...

Até o próximo!!!