Arquivo do blog

Facebook - Blog

Facebook - Agência

Twitter

@ZipaoAventura 2013. Tecnologia do Blogger.

Marcadores

América do Sul (3) Argentina (2) Cachoeira (7) Camping (3) Camping Selvagem (4) Catarata (2) caverna (2) cidades (18) Dica (8) esporte de aventura (3) Feriado (7) Férias (12) festas (6) hostel (2) interior (7) MG (5) montanha (6) Paraguai (1) Paranapiacaba (3) Parque (11) PR (5) Praia (4) rafting (1) Rapel (2) rio (1) RJ (7) RMSP (9) RS (5) serra (7) SP (20) Top10 (2) Travessia (2) trilha (14) Trilha noturna (4) urbano (6) Usina (1) Viagem (10)

Seguidores

Santana de Parnaíba - Berço dos Bandeirantes

Boa dia pessoal!!!!

É muito bom viajar, e quanto mais longe melhor. Mas muitos esquecem de conhecer a própria cidade ou o entorno dela e que tem muitos tesouros escondidos ou simplesmente esquecidos por nós.  Santana de Parnaíba é um bom exemplo, já que está tão próxima de São Paulo (30min de carro) e muito importante não só pra história daqui, como do Brasil inteiro.

É nesta cidade, na beira do Rio Tietê que teve início da exploração do interior paulista, conhecidas pela história como Bandeiras . Esta é a terceira cidade mais antiga do estado (São Vicente e Mogi das Cruzes estão na frente) e isso trás um status histórico bem alto pra uma cidade pequena e de gente muito hospitaleira e alegre.


Não apenas por ser um exemplo de arquitetura bandeirante urbana preservada, não é só de história que se faz Santana de Parnaíba mas também de religiosidade e festejo popular. Seja através do seu cancioneiro popular, carnaval de rua, encenação da paixão de Cristo ou a procissão de Corpus Christi. Justamente essa festa que me trouxe até aqui.

Não sou exemplo de religião ou qualquer coisa do gênero mas tenho minha curiosidade que leva até estes cantos e encantos de São Paulo, mas como manifestação popular é digna de ser apreciada e registrada por todos o que a torna não apenas religiosa mas até mesmo cultural.


A festa começa de madrugada com a preparação do tradicional tapete para a procissão que passa em todo o centro histórico da cidade. São verdadeiras obras de arte feitas com serragem tingida, borra de café, areia colorida entre outros materiais. E que faz todo esse trabalho é a própria comunidade e dá pra perceber os traços de famílias de imigrantes e até mesmo do típico caipira paulista.


A cidade simplesmente para e se mostra de fé, pois todos os detalhes são pensados e a riqueza de símbolos e tradições são bem vistos principalmente por onde a procissão vai passar. Uma das coisas que mais me chamou a atenção foi das casas estarem com as portas abertas e com um pequeno altar montado no peitoral das janelas com direito ora com um oratório, ora com uma imagem de santo ou um vaso de flor.

Pode-se dizer que você precisa visitar a cidade em vários momento se você quiser os diversos ângulos e vertentes da cidade. É uma população muito hospitaleira e que sempre está de braços abertos para hospedar e recepcionar os turistas de forma que você sente vontade de voltar lá.


Pra quem está com um dia livre, vale dar uma passagem nesta cidade... altamente recomendada!

Espero que tenham gostado desse post. Aguardem os próximos!


0 comentários: